sexta-feira, 2 de agosto de 2013

NOSSO GABRIEL PINHEIRO BRILHA NO DESAFIO INTERNACIONAL CONTRA A EQUIPE DE CUBA



Está sendo realizada uma grande festa para receber duas das maiores forças do judô mundial. O Ginásio Municipal de Queimados recebeu um público animado e que teve muitos motivos para comemorar. Afinal, o Brasil O Brasil não deu chances para Cuba e venceu o primeiro confronto do Desafio Internacional por quatro a um. No sábado, no mesmo local, a partir das onze da manhã, será realizada a segunda parte do torneio. Os homens vão enfrentar a Hungria e a equipe feminina enfrenta as espanholas.

“Acredito que esse evento foi muito importante porque a competição por equipes tem uma carga emocional diferente. Nós viemos com uma equipe mesclada, com um atleta que ainda é sub 21 como o Gabriel Pinheiro de Pernambuco. O favoritismo era de Cuba porque eles vieram com nomes que devem estar no Mundial. Então, fiquei feliz com o resultado muito bom mas que não reflete o nível do judô cubano”, disse Ney Wilson, gestor técnico das equipes adultas.
Na primeira luta, Daniel Hernandes (+90kg) foi derrotado por Óscar Brayson, décimo-segundo do mundo, por yuko. Eduardo Santos (90kg)venceu Yerlandi Echemendia por ter tido uma punição a menos que o adversário. E nos três últimos combates um show brasileiro, com direito a três ippons. Mauro Moura (81kg) jogou Jorge Martinez, Marcelo Contini (73kg) bateu Magdiel Calá e o jovem Gabriel Pinheiro (66kg) colocou Gilberto Armas com as costas no tatame.

“Foi uma luta dura contra o vice-campeão Pan-americano e felizmente consegui jogar porque eu não queria deixar a responsabilidade de decidir a luta com o Gabriel Pinheiro. Ainda bem que ele também não sentiu a pressão e também jogou o adversário. Vou torcer para que domingo seja cinco a zero”, disse Marcelo Contini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário